Planeje agora a sua viagem para a Nova Zelândia!

Uma praia paradisíaca a poucos quilômetros de uma montanha com o topo nevado. Esse é um cenário que só a Nova Zelândia pode oferecer. Uma viagem para a Nova Zelândia proporciona paisagens, possibilidades e experiências únicas para os seus visitantes.

 

País de inúmeras e contrastantes belezas naturais, cultura local rica e diversidade em plantas e animais exóticos, a Nova Zelândia é um destino que contempla todos os tipos de viajantes.

Confira as cidades mais visitadas do país e comece agora mesmo a definir o seu roteiro para essa aventura!

 

 

Wellington

 

Cercada pelas famosas montanhas Rimutaka Ranges, a capital da Nova Zelândia oferece muitas atrações para os visitantes.

Um dos primeiros passeios realizados por quem chega à capital é aproveitar a orla de Wellington, seja numa caminhada ou com o aluguel de uma bicicleta ou skate. O antigo porto separa a orla do centro da cidade e é um espaço movimentado, vibrante e agradável para passar um fim de tarde. Várias opções de restaurantes, bares e cafés estão à disposição dos turistas. É possível também alugar um caiaque ou prancha para standup paddle para aproveitar as águas da baía costeira.

 

Nova Zelândia

O waterfront é um dos pontos favoritos dos morados de Wellington para encontro com amigos.
Foto Wellington Absolutely Positively

 

Uma opção bem interessante para conhecer um pouco mais sobre a história da Nova Zelândia é visitar o museu nacional Te Papa. Com entrada gratuita, o espaço é interativo e traz exibições sobre as culturas europeias e Maori, que compõem a diversidade do povo neozelandês, além de atrações da riqueza natural do país, como a Colossal Squid, maior lula já capturada da história, com 2.5 metros.

 

 

Outro museu com entrada gratuita muito procurado pelos visitantes é o Weta Cave, espaço que traz um pouco dos bastidores de filmes que foram rodados no país, como os sucessos “O Senhor dos Anéis” e “O Hobbit”. Quem visita o museu pode conferir adereços e vestimentas dos personagens, assim como réplicas dos cenários e uma loja com artigos dos filmes. O museu oferece também um tour guiado pago, de 45 minutos, para quem quer conhecer ainda mais sobre o processo dessas produções cinematográficas.

 

Nova Zelândia

A visita ao Weta Cave é diversão garantida mesmo para quem não é fã de Senhor dos Anéis e O Hobbit.
Crédito Tourism New Zealand / Weta Workshops

 

 

Auckland

 

Apesar de não ser a capital do país, Auckland é considerada a maior e mais importante cidade da Nova Zelândia. Se você está planejando a sua viagem para lá, essa cidade litorânea é parada obrigatória.

Conhecida como a “cidade das marinas”, por ter diversas delas espalhadas pela região, Auckland tem a maior concentração do mundo de barcos por pessoa.

Uma atração imperdível na cidade é a impressionante Auckland Skytower, com 192 metros de altura. Desse ponto é possível ter uma visão 360 de toda a cidade. Como se isso já não fosse motivo para visitar essa atração, ainda é possível fazer bungee jump ou caminhar pelo lado de fora da torre, com todo o equipamento de segurança, preso por uma corda.

 

Nova Zelândia

De cima da SkyTower é possível ter uma vista 360º de Auckland.
Crédito AJ Hackett

 

 

Para quem prefere um programa mais tranquilo, é possível ir até a região chamada de Coast to Coast, para atravessar a faixa de terra mais estreita da Nova Zelândia. É de lá também que saem balsas para a Waiheke Island. Em 35 minutos você estará na chamada “ilha do vinho” e poderá degustar essa bebida em mais de 30 vinícolas e aproveitar a praia da ilha que é considerada uma das mais bonitas da cidade.

Aproveite também para conhecer a colônia de pinguins no Kelly Tarlton’s Sea Life Aquarium de Auckland. São mais de 100 animais e, além desses, muitas outras espécies estão em exibição, como cavalos marinhos, arraias e tubarões.

 

Nova Zelândia

Uma das principais atrações do Kelly Tarlton’s são os pinguins. Mas é possível ver tubarões, arraias e muitos peixes.
Crédito Tourism New Zealand

 

 

Queenstown

 

Na ilha sul do país, Queenstown é um dos destinos mais procurados em uma viagem para a Nova Zelândia para prática de esportes radicais.

O Lake Wakatipu por si só já é uma das atrações mais interessantes e que compõe o cenário da cidade. Localizado entre montanhas, o lago atrai os turistas pela sua beleza e águas cristalinas, e praticar canyon swinging ou passeio de barco a jato neste lago é imperdível se você está visitando Queenstown.

 

Nova Zelândia

O Wakatipu serve de cenário para muitas atividades que acontecem em Queenstown, mas para quem quer uma viagem mais tranquila, é também perfeito para fotos incríveis com as montanhas como pano de fundo.
Crédito Tourism New Zealand | fotógrafo Julian Apse

 

Na região também é possível praticar esqui, bungy jump, paraquedismo, passeios a cavalo, rafting, trilhas e caminhadas. Além dos esportes radicais, foi nessa região do Estreito de Milford, de incrível beleza natural, em que foram rodadas cenas dos filmes “O Senhor dos Anéis” e “O Hobbit”.

 

Nova Zelândia

O caminho de Queenstown até o Estreito de Milford passa por cenários lindíssimos entre as montanhas.
Crédito Tourism New Zealand

 

 

Por ser um destino frequente de mochileiros e estudantes, a cidade também conta com uma vida noturna bastante agitada. São mais de 30 bares na cidade, com diversas opções de estilo, decoração e atrações ao vivo.

 

 

Rotorua

 

Região recheada de cavernas, a ilha Rotoroa foi aberta em 2005 para a visitação do público, depois de quase 100 anos de reclusão. Além da visita às principais cavernas (é possível inclusive realizar um passeio de barco em uma delas!), aproveite para conhecer construções antigas como a cadeia e antiga capela da vila local e para visitar o Rotorua Museum, considerado patrimônio histórico e que conta um pouco mais sobre o legado do povo nativo Te Arawa.

 

Nova Zelândia

Rotoroa Island
crédito Auckland Tourism

 

Os esportes também não perdem a vez nessa região. São 11 lagos e mais de 130 km de trilhas para caminhadas e ciclismo, além da prática de rafting no Kaituna River.

 

 

 

Nelson

 

Região conhecida pelos seus parques e reservas naturais, a cidade de Nelson possui paisagens únicas.

Cercado por montanhas e mata nativa, no Nelson Lakes National Park é possível fazer caminhadas e trilhas no entorno dos lagos Rotoiti e Angelus. Já no Kahurangi National Park a trilha mais conhecida é a Heaphy Track, que dura quatro ou cinco dias para ser realizada. Nesse parque também foram rodadas algumas cenas da trilogia “O Senhor dos Anéis”.

A trilha mais famosa dessa região é a Abel Tasman Great Walk. Incrivelmente bela, essa trilha de 51 km pode ser feita de três a cinco dias.

 

Nova Zelândia

Explorar as bordas do Parque Nacional Abel Tasman em um caiaque dá uma deliciosa sensação de liberdade.
Crédito Tourism New Zealand / Gareth Eyres

 

 

Glaciares Fox Glacier e Franz Josef

 

Por conta da localização geográfica do país, em uma viagem para a Nova Zelândia é possível conhecer algumas geleiras naturais e essa é uma das principais atrações do país.

Franz Josef é o maior glacial da região, com 12 km de extensão. É o principal motivo da visitação de milhares de turista nesta região. O Fox Glacier está localizado a alguns quilômetros ao sul, com o acesso um pouco mais difícil. Os passeios podem ser feitos com helicóptero ou via terrestre.

 

Nova Zelândia

O Glaciar de Franz Josef
Crédito Tourism New Zealand / Gareth Eyres

 

Infelizmente, por conta da ação do aquecimento global, a cada ano é notável a diminuição dos glaciares.

Encantou-se pelas diversas possibilidades oferecidas por uma viagem para a Nova Zelândia? Confira outros posts aqui do blog com mais dicas para planejar o seu roteiro!

 

Nova Zelândia

 

Copyright © 2017. Agência de Viagens Kangaroo. Todos os direitos reservados.