Monte Victoria, Wellington

É normal quem visita Wellington se apaixonar pela cidade, que é compacta, porém repleta de atividades para todos gostos. Você ficará supreso com as opções. Confira!

Além de capital da Nova Zelândia, Wellington é também uma das cidades mais cosmopolitas do país. Políticos, estudantes, turistas, visitantes e moradores fazem com que os serviços desta cidade estejam sempre se renovando e buscando algo novo e excitante.

Separamos algumas opções para você considerar na sua visita à Wellington.

1. Visitar o Te Papa, o museu nacional

Explore o Te Papa, onde exibições inovadoras contam a história da Nova Zelândia. O museu é interativo, mantendo os visitantes entretidos e interessados tanto na história europeia quanto Maori. Não deixe de visitar o Colossal Squid, a maior lula a ser apanhada até hoje! Entrada geral é gratuita, mas existe taxa para tours guiados.

Te Papa Museum, Wellington
Foto: Tourism New Zealand | fotógrafo Te Papa Museum
Te Papa Museum
Foto: Tourism New Zealand | fotógrafo: Te Papa Museum

2. Apreciar a vista do topo

Desfrute das vistas panorâmicas deslumbrantes no observatório do Mount Victoria – um dos lugares mais populares para entender a organização da cidade e para tirar ótimas fotos. Para quem gosta de fazer uma caminhada matinal para assistir ao nascer do sol, a recomendação é subir até o observatório Te Ahumairangi. Vale a pena!

Mount Victoria
Mount Victoria | Foto: WellingtonNZ

3. Conferir como fazem filmes

Vislumbre com o behind-the-scenes de alguns dos filmes mais espetaculares do mundo no Weta Cave, um mini-museu e loja do premiado Weta Workshop, responsável por personagens, adereços e cenários de filmes como O Senhor dos Anéis e O Hobbit. Entrada geral é gratuita, mas existe taxa para tours guiados.

Weta Cave em Wellington
Estátua de Gandalf, na Weta Cave | Foto: WellingtonNZ
Weta Workshop, Wellington
Foto: Tourism New Zealand | fotógrafo: Weta Workshops

4. Passear ao longo da orla

O que antes era o movimentado porto de Wellington, hoje separa o centro da cidade da orla, numa das regiões mais atraentes, vibrantes e interessantes da cidade. O ideal é alugar uma bicicleta, crocodile bike (compartilhada) ou skate e sair para dar uma volta. Os que não se importam em se molhar podem considerar alugar um caiaque ou standup paddle para explorar a baía. Se bater fome, as opções de cafés e restaurante são diversas.

boatsheds-waterfront-wellington-city
Foto Wellington Absolutely Positively
wellington-nz-waterfront-oriental-bay-park-bench
Foto Wellington Absolutely Positively

5. Fazer uma parada no Wellington Museum

Classificado entre os 50 melhores museus do mundo pelo The Times UK, o Wellington Museu promete uma viagem de mil anos ao passado antes de voltar à uma Wellington vibrante do presente. As exposições interativas e emocionantes envolvem os visitantes de todas as idades. Os efeitos especiais e as constantes atualizações fazem com que se mantenha atraente para visitantes que retornam à cidade. Entrada geral é gratuita, mas existe taxa para tours guiados.

Wellington Museum
Wellington Museum | Foto: WellingtonNZ

6. Explorar uma incrível exposição da Primeira Guerra Mundial

Explore a participação da Nova Zelândia em Gallipoli, na Primeira Guerra Mundial, na inovadora exposição Te Papa: a escala da nossa exposição na guerra. Com direção de criação de Sir Richard Taylor e incrível artesanato da Weta Workshop, a exposição combina a produção de filme com história contada em um museu, em uma poderosa homenagem ao passado da Nova Zelândia.

Gallipoli Te Papa
Estátua do soldado Jack Dunn. Foto Te Papa: a escala da nossa exposição na guerra

7. Descobrir arte pela cidade

Deixe-se ser absorvido pela arte contemporânea na Galeria da Cidade. Localizada na Praça Cívica, no coração de Wellington, está a uma caminhada fácil para continuar explorando arte, com galerias específicas dedicadas a artistas da cidade, Maoris e de artes do Pacífico. Não deixe de visitar Kura Gallery, Page Blackie Gallery ou a Academia de Belas Artes da Nova Zelândia.

City Gallery
City Gallery | Foto: WellingtonNZ

8. Fazer um tour do Parlamento

Conheça mais sobre uma das democracias mais progressistas do mundo em um tour pelos prédios do Parlamento e do icônico edifício Beehive (colméia). Em seguida, uma visita à antiga igreja de St. Paul mostra um belo exemplo de arquitetura neogótica do século 19, construída com madeiras nativas. Entrada por doação.

The Beehive Wellington
Foto Tourism New Zealand | fotógrafo Rob Suisted

Outras atividades populares em Wellington e região são: trilhas de mountain bike em Makara Peak, explorar locações de filmes (principalmente O Senhor dos Anéis e O Hobbit), fazer passeio de bicicleta pelas vinícolas de Wairarapa (uma das maiores produtoras do país) e explorar o pitoresco santuário de ZEALANDIA.

Leia também:

Caso você queira fazer um itinerário completo na Nova Zelândia, recomendamos começar vendo algumas sugestões no site da Kangaroo Tours. Caso não encontre o que gostaria ou caso deseje montar o roteiro de acordo com o seu gosto, orçamento e disponibilidade, fale com um agente de viagem. Os nossos consultores podem montar um itinerário exatamente como precisa sem qualquer custo adicional.

passagens-nova-zelandia