O que fazer em Sydney sem gastar nada: praias, parques, museus, walking tours…

Sydney está constantemente presente no topo da lista das 10 melhores cidades para se viver no mundo, juntamente com outras cidades da Austrália como Melbourne (quase sempre em 1º lugar), Perth e Adelaide. De fato, Sydney é uma cidade maravilhosa, mas também considerada muito cara.

O que muitos turistas não sabem, é que na verdade as melhores coisas para se fazer em Sydney são de graça! Não acredita? Então dá uma olhadinha lista abaixo e saiba o que fazer em Sydney sem gastar nada!

 

1. Pegar uma praia

Para curtir uma praia não é preciso gastar! Bondi Beach é a praia mais famosa da Austrália, mas há muitas outras para escolher. Pertinho de Bondi fica a prainha de Tamarama. Um pouco mais a frente, Bronte, a minha favorita e, se andar um pouquinho mais, você chega a Coogee. Dá para usar transporte público para chegar até cada uma delas, mas se você realmente está procurando o que fazer em Sydney sem gastar nada, o melhor mesmo é fazer tudo a pé.

Bondi Beach é uma das praias mais conhecidas de Sydney. Foto Tourism Australia | fotógrafo Andrew Wallace

Bondi Beach é uma das praias mais conhecidas de Sydney.
Foto Tourism Australia | fotógrafo Andrew Wallace

A praia de Manly é outra favorita com os brasileiros e um passeio interessante para conhecer um subúrbio australiano. Foto Tourism Australia | fotógrafo Adam Bruzzone

A praia de Manly é outra favorita com os brasileiros e um passeio interessante para conhecer um subúrbio australiano.
Foto Tourism Australia | fotógrafo Adam Bruzzone

 

 

2. E por falar em fazer tudo a pé… Caminhada Bondi – Coogee

Essa caminhada se estende pela costa que vai de Bondi até Coogee. Leva aproximadamente 2 horas, mas você pode ir parando nas praias que for encontrando pelo caminho. Além de paisagens rochosas belíssimas, a cor da água me encanta toda vez. A Austrália possui o azul mais lindo que já encontrei.

Se você estiver visitando Sydney em setembro, esse passeio se torna ainda mais especial, porque é quando ocorre o Sculture by the Sea, onde artistas plásticos exibem trabalhos muito interessantes ao longo do caminho.

Conheça no link outras caminhadas interessantes em Sydney.

Bondi-Beach-caminhada

A caminhada pela costa de Sydney.
Foto Tourism Australia | fotógrafo Anson Smart

Sculptures-by-the-sea-Sydney

Salacia, de James Rogers, é uma das esculturas no caminho entre Bondi e Coogee.
Foto Tourism Australia | Sculpture by the Sea Incorporated

Sculptures-by-the-sea-Sydney

Obra de Ivana Kuzmanovska e Rachel Couper chamada de Mirador durante o nascer do sol.
Foto Tourism Australia | Sculpture by the Sea Incorporated

 

 

3. Museus

Há várias opções de museus de graça em Sydney. O museu de Arte Contemporânea é meu favorito e tem sempre um evento diferente acontecendo por lá. Mas há muitos outros, como por exemplo, o Nicholson Museum, o museu mais antigo da cidade.

 

 

4. Walking tours

Conhecer Sydney a pé é fácil e definitivamente a melhor opção. Tem walking tour de graça acontecendo todos os dias. Passeie pelos principais pontos da cidade acompanhado por um guia e fique à vontade para perguntar o que quiser. O serviço é de graça, mas se você achar que o guia merece uma gorjeta, vá em frente. Ainda assim será um passeio super barato e cultural. Eu sugiro fazer esse passeio de manhã e ir ao Museu de Arte Moderna à tarde, já que você estará na mesma área. Pronto! Você já encontrou o que fazer em Sydney por mais um dia inteiro sem gastar nada!

 

 

5. Passe o dia no parque: Hyde Park / Centenial Park/ Jardim Botânico…

Sydney é cheia de parques belíssimos. Aliás, belezas naturais é o que não vão faltar na sua viagem. O jardim botânico é o preferido de muita gente. Eu adoro assistir os morcegos se amontoarem nas árvores durante o verão, proporcionando uma imagem interessante, como se as folhas fossem todas pretas. Há também uma variedade de pássaros que moram por lá e não é raro se deparar com araras brancas lindíssimas e dóceis.

Jardim Botânico de Sydney é um lugar excelente para passar algumas horas e explorar a cidade como os locais. Foto Tourism Australia | fotógrafo Anson Smart

Jardim Botânico de Sydney é um lugar excelente para passar algumas horas e explorar a cidade como os locais.
Foto Tourism Australia | fotógrafo Anson Smart

 

 

6. Feiras de Artesanato (Markets)

Uma das coisas que eu mais gosto de fazer em Sydney é visitar as ferinhas. São várias espalhadas pela cidade e todas elas têm um charme especial. A maioria acontece nos finais de semana, como a ferinha do The Rocks, que acontece todos os sábados e domingos na região histórica da cidade. Minhas preferidas são as de Glebe e Paddignton que abrem apenas aos sábados. Olhar não custa nada e tem sempre apresentações artísticas acontecendo nas feiras.

O mercado no The Rocks é um dos mais trendys e bacanas de serem explorados. Foto Tourism Australia | fotógrafo Anson Smart

O mercado no The Rocks é um dos mais trendys e bacanas de serem explorados.
Foto Tourism Australia | fotógrafo Anson Smart

 

7. Darling Harbour

O porto de Sydney é um dos lugares mais lindos da cidade. Não tem selfie que saia feia com um fundo daqueles. Com muitas opções de entretenimento que incluem cinema 3D, boliche, bares, restaurantes e nightclubs, tem diversão a qualquer hora.

É possível passar horas explorando Darling Harbour ou apenas sentar e ficar observando as pessoas passarem. Foto Tourism Australia | fotógrafo SDP Media

É possível passar horas explorando Darling Harbour ou apenas sentar e ficar observando as pessoas passarem.
Foto Tourism Australia | fotógrafo SDP Media

 

 

8. China Town / Thai Town / Korean Town

Sydney é uma cidade muito internacional e é composta por cidadãos de várias nacionalidades. Por isso, a variedade de comida é imensa. Se você está procurando comida boa, autêntica e barata, estará no céu. A China Town de Sydney é super autêntica. Você realmente sente como se estivesse na China. A Thai town foi fundada recentemente e é na verdade uma rua cheia de restaurantes tailandeses muito bons. Você já comeu churrasco coreano? Pode ter certeza de que não tem nada de parecido com o churrasco brasileiro.

 

9. Luna Park

Parque de diversões bem tradicional inspirado em Coney Island nos EUA. A visita é de graça e o parque é bem charmoso. Os brinquedos são também tradicionais e custam AU$10 por “corrida”. Mas na minha opinião, a diversão não está nos brinquedos, mas na atmosfera clássica do parque.

Luna Park é um dos ícones da cidade e vale a visita! Foto Tourism Australia | fotógrafo Nick Rains

Luna Park é um dos ícones da cidade e vale a visita!
Foto Tourism Australia | fotógrafo Nick Rains

Vista aérea de Luna Park. Foto Tourism Australia | fotógrafo Andrew Smith

Vista aérea de Luna Park.
Foto Tourism Australia | fotógrafo Andrew Smith

 

passagens-australia

 

10. Free Bus – ônibus de graça

Você não precisa andar o tempo todo se quiser passar o dia conhecendo a parte central de Sydney. Tem um ônibus de graça que sai da estação Central e vai até Circular Quay (onde ficam o Opera House, o Opera bar, o museu de Arte Moderna e várias outras atrações de graça e legais).

Lembrando que a lista de “o que fazer em Sydney” só estará completa com uma visita ao Opera House (que está incluída no walking tour mencionado acima). Este ícone da cidade também é de graça, a não ser que você queira assistir a uma apresentação ou conhecer o teatro por dentro.

Agora que você já sabe o que fazer em Sydney sem gastar nada, é só aproveitar a viagem.

 

Ana Gusso mora em Sidney há 7 anos. Apaixonada pela Austrália e região do Himalaia, Ana divide suas experiências de viagem com o mundo pelo blog da Top Trip (www.toptripviages.com) e auxilia passageiros de primeira viagem em inglês pelo blog firsttimeforeigner.com. Conecte-se com a Ana pelo Facebook, Twiter ou Instagram.

 

 

 

 

.

Austrália-banner-horizontal-01

Copyright © 2017. Agência de Viagens Kangaroo. Todos os direitos reservados.