A escapulida romântica perfeita na Tailândia – Parte 1

A Tailândia é um grande parque de diversões cheio de aventuras exóticas e culturais, pessoas amigáveis e cenários românticos para fazer qualquer coração bater mais forte. Imbuídos com a gentil filosofia do Budismo Teravada, “Ensino dos Sábios” ou “Doutrina dos Anciões”, que busca o meio termo em todas as coisas, é um destino perfeito para férias a dois.

Bangkok

Basta olhar para cima para ter certeza: a melhor maneira de sobreviver nesta movimentada megalópole de 10 milhões de habitantes é na vertical. Quer seja fazendo compras, jantando ou indo de um ponto a outro, o horizonte reluzente de Bangkok convida a levantar o olhar e alcançar o céu.

Nas alturas

Pegue o elegante e climatizado Skytrain, desenhado pela Porshe e conectando as principais atrações da cidade, e dirija-se para Siam, onde os shoppings Siam Paragon e CentralWorld estão prontos para seduzir compradores com as maiores e mais exclusivas marcas do mundo.

Foto noturna do shopping Siam Paragon no centro de Bangkok

Foto noturna do shopping Siam Paragon no centro de Bangkok

Ao término do dia, deixe-se atrair pelos edifícios espetacularmente iluminados e seus glamorosos bares na cobertura, que flutuam sobre a cidade como ilhas acima da confusão e tráfego da hora do rush. Não deixe de jantar em um dos restaurantes no topo de um dos altíssimos hotéis – é a combinação perfeita de vistas extraordinárias e gastronomia global.

Junte-se ao clube

Os nightclubs da cidade têm privilégios próprios, particularmente em seletos hotéis na cidade, onde acesso ao lounge no topo do edifício significa espaço, privacidade e deliciosa contemplação durante todo o dia, em zonas de relaxamento decoradas por designers.

Hot plates for cool dates

Uma das bebidas mais pedidas é o Hangovertini (clique aqui para aprender a fazer) no Sky Bar, um dos mais altos do mundo. O drink é uma referência ao filme Se beber não case 2, com cenas filmadas no hotel lebua Bangkok. Ainda neste hotel está o restaurante Mezzaluna, aninhado debaixo de cúpula dourada da State Tower, onde os chefes alemães gêmeos criaram um magistral arsenal culinário que elimina quaisquer vestígios de fome.

O restaurante Mezzaluna visto do Skybar na cobertura do hotel lebua Bangkok Foto cortesia Dinah Carvalho

O restaurante Mezzaluna visto do Skybar na cobertura do hotel lebua Bangkok
Foto cortesia Dinah Carvalho

Dica romântica

Alugue o seu próprio barco e participe de uma flotilha de embarcações enfeitadas para um passeio noturno deslizando ao longo do “Rio dos Reis”, passando pelos grandes marcos iluminados da cidade. Inesquecível!

Templo Wat Arun iluminado à noite em Bangkok

Templo Wat Arun iluminado à noite em Bangkok

 

Chiang Rai

A 70 km a nordeste de Chiang Rai, o nevoeiro matutino reforça o ar enigmático que circunda o Triangulo Dourado, antigo cruzamento de mercadorias e cultura ao longo do majestoso rio Mekong. Ali, uma miríade de tribos ocupa uma área conhecida como “terra de um milhão de campos de arroz”.

Garota em campo de arroz na Tailândia

Garota em campo de arroz na Tailândia

Pés no chão

Em determinado momento a única fonte de renda das “hill tribes” foi a plantação de ópio, porém uma iniciativa da realeza incentivando outras formas de cultivo levou estes povos a plantarem café árabe e vegetais. É comum ver as sorridentes mulheres da tribo Akha vendendo bordados e prata nos mercados noturnos, mas depois de assisti-las tecendo seus tecidos lá no alto da vila Paakaa, a compra de um item assume uma dimensão e significado muito maior.

Alta voltagem

Chiang Rai produziu dois dos artistas tailandeses mais influentes, cujos pontos de vista do budismo evita o uso do rico e colorido prisma da arquitetura Lanna do norte da Tailândia, empregando uma visão monocromática em suas obras. Desde 1977, Chalemchai Khositpipat vem continuamente desenvolvendo a criação do Templo Branco em Rong Khun. Feito para observação à noite, sob a luz da lua, o templo visto de dia é um de uma profusão de brilho que faz os olhos lacrimejar. Além dos simbolismos budistas, o templo chama atenção pelas referências à cultura pop que faz ao passar os ensinamentos dos budismo.

Em contrapartida, a Casa Preta no norte de Chiang Rai é um composto negro surreal de estruturas tailandesas, com certo ar macabro, desenvolvido pelo artista Thawan Duchanee. Os espaços são preenchidos por cadeiras com chifres, crânio de animais, armas antigas e enormes conchas.

O Templo Branco, ou Wat Rong Khun, em Chiang Rai é obra do irreverente artista Chalemchai Khositpipat

O Templo Branco, ou Wat Rong Khun, em Chiang Rai é obra do irreverente artista Chalemchai Khositpipat

Hot plates for a cool date

O assunto do momento são os jantares exclusivos organizados pelo hotel Anantara. Imagine viajar nas costas de um elefante para drinks ao por do sol, com vista para uma área que é a confluência de três países diferentes, antes de chegar até um centro de elefantes bebê para um jantar exclusivo, enquanto as “crianças” se divertem e gastam as últimas energias antes da hora de dormir.

Jantar exclusivo com passeio de elefante Foto cortesia de Anantara Chiang Mai

Jantar intimista e exclusivo com passeio de elefante
Foto cortesia de Anantara Chiang Mai

Dica romântica

Pegue a rota cênica para Chiang Rai e deixe-se levar pela correnteza rio abaixo em uma jangada manejada por dois homens, que também fazem as vezes de cozinheiro.

 

 

Chiang Mai

Esta antiga cidade parcialmente murada às margens do rio Ping é agraciada com diversas comunidades étnicas, festivais alegres e mercados noturnos vibrantes. Descoberta pelos jovens dos anos 70 que viajavam por terra pelo sudeste asiático, é o lugar perfeito para relembrar os anos da juventude ou para celebrar ser jovem – independentemente da idade.

Algo velho, algo novo

Charretes pintadas com cores vivas e puxadas por cavalos levam casais sorridentes pelas ruas da cidade, que foi construída em 1287 e redescoberta em 1970. A parada em alguns dos vinte sítios arqueológicos é imperdível; sentados entre as ruínas, espectros de monges com trajes alaranjados parecem habitar esses esplêndidos restos de wats (templos), violados tanto pelos exércitos invasores birmaneses quanto pelo tempo.

Apesar dos esforços dos moradores locais em manter segredo, por aproximadamente 100 bahts saindo do mercado noturno em tuk tuk é possível chegar a Nimmanhaemin Road, com vielas repletas de boutiques de vanguarda, galerias, cafés e bares, muitos abertos a poucos meses, todos refletindo a sofisticação de tendências e com foco local. Nos jardins do iberry ice creamery, lanternas enormes balançam nas árvores; o Bar Fry está reinventando as tradicionais tapas espanholas usando produtos locais; e o sedutor Blue Monkey Cigar and Wine Bar combina um bom jazz com bebidas finas.

Hot plates for a cool date

Com uma temática marroquina-cool, o emergente House combina tapas e hookah, com mezzas e pizzas, enquanto que no The Restaurant at the Rachamankha, os pratos da cozinha do centro e norte da Tailândia além de opções birmanesas, são opções saborosas e apaixonantes.

Dica romântica

“Se encontrar” é um problema dos países ocidentais, mas isto não tem impedido que muitos turistas visitem o centro de meditação Wat Ram Poeng. Entre jardins pitorescos e edifícios decorados com arte Lanna, casais vestidos de branco caminham silenciosamente com um único objetivo: esvaziar suas mentes, reconectar consigo mesmo e, por fim, um com o outro.

Chiang Mai é a capital tailandesa do romance. Um pouco fora da cidade, em uma montanha majestosa, está Doi Suthep, lar do famoso templo, que oferece uma vista deslumbrante sobre a região. O impacto da beleza natural da paisagem, combinado com a riqueza cultural faz desta região um local mágico, reforçando ainda mais o clima de romance. Os pacotes de lua de mel em Chiang Mai podem incorporar atividades mais intensas, como rafting, trekking e passeios de elefante, ou opções mais relaxantes, como tratamentos de spa e massagens divinas.

Proximidade da natureza e relaxamento com conforto no norte da Tailândia Foto cortesia Four Seasons Chiang Mai

Proximidade da natureza e relaxamento com conforto no norte da Tailândia
Foto cortesia Four Seasons Chiang Mai

 

Gostou? Não deixe de conferir também A escapulida romântica perfeita na Tailândia – Parte 2!

Fale com um consultor da Kangaroo Tours para informações de pacotes personalizados para Tailândia! Envie um e-mail para info@kangaroo.com.br ou ligue (11) 3509-3800 | (21) 3594-4681 | (41) 3077-9003.

 

Tailandia-01

Copyright © 2017. Agência de Viagens Kangaroo. Todos os direitos reservados.