A Condé Nast Traveler nomeia Austrália como o destino para 2016

A Condé Nast Traveler nomeou a Austrália como “o” destino do próximo ano.

 

E este é um reconhecimento muito especial, uma vez que a CNT tomou a medida sem precedentes de não apresentar uma lista de vários países e cidades como as “melhores” para o ano de 2016.

No top 20, não há hot lists – há apenas um país em que devem focar sua atenção em 2016: Austrália.

Pensando na edição mundial dos melhores destinos para o ano, Dave Prior, editor-contribuidor da Condé Nast Traveler e constantemente na estrada, comentou em relação à Austrália “Há muitos motivos para viajar por todo o continente“, “desde os novos hotéis em Perth e Camberra, à influente Gallery of Modern Art (GOMA) em Brisbane, à cena do vinho em Hills em Adelaide e, obviamente, Uluru.”

The-Twelve-Apostles,-Australia

Foto divulgação

Far-North;-Port-Douglas;-Snorkelling_Mandatory-credit-Tourism-Australia_Photographer-Ross-IsaacsOcean-Planet-Images

Foto Tourism Australia | fotógrafo Ross Isaacs/Ocean Planet Images

Sailing,-Sydney,-NSW_Mandatory-credit-Tourism-Australia_Photographer-Hugh-Stewart

Foto Tourism Australia | fotógrafo Hugh Stewart

Whitehaven-Beach,-Whitsundays-Islands

Foto Tourism Australia

Uluru-Kata-Tjuta-National-Park

Foto Tourism NT

 

A revista norte-americana é uma das mais importantes publicações de viagens do mundo e ser nomeado “Destino do Ano” para 2016 é um enorme elogio para a Austrália, de acordo com diretor-gerente do Tourism Australia, John O’Sullivan, que afirma que o momento “não poderia ser melhor”, com o lançamento de sua próxima grande campanha global há apenas algumas semanas.

“Esta é uma revista de viagens influente e altamente respeitada”, disse O’Sullivan. “Isso vai colocar um foco renovado sobre as experiências aquáticas e costeiras da Austrália, muitas das quais estou muito contente de ver que foram destacadas pelo Guia Condé Nast Traveler como elementos críticos de apelo internacional do nosso país.”

‘Ozzies’, como a Condé Nast chama os australianos, “vêem o mundo com uma invejável mistura de astúcia e leveza, um rigor estético livre de pretensão, e abraçam a vida ao ar livre junto com a sofisticação urbana”.

A revista também reverencia a gastronomia australiana como ‘inventiva e influente’. “Há muitas razões para termos eleito a Austrália, mas o principal é a energia no cenário gastronômico do país no momento”, disse Prior. “Onde você olha na Austrália, há uma democracia nas opções de comer fora e uma abordagem nova e global de cozinhar que atravessa o mundo, mas é absolutamente australiana em sua execução relaxada, porém sofisticada.”

TA_Mermaid-Beach,-Gold-Coast,-QLD_Mandatory-credit-Tourism-Australia_Photographer-Jamie-MacFadyen

Foto Tourism Australia | fotógrafo Jamie MacFadyen

Jacobs-Creek,-SA_Mandatory-credit-Tourism-Australia_Photographer-Adrian-Brown

Foto Tourism Australia | fotógrafo Adrian Brown

Sydney-Harbour_Mandatory-credit-Tourism-Australia_Photographer-Jamie-MacFadyen

Foto Tourism Australia | fotógrafo Jamie MacFadyen

 

A Condé Nast também ressaltou os hotéis exclusivos que comemoram a “australianiedade”, ao invés de apenas replicar cadeias hoteleiras em todo o resto do mundo, como o incrível Hotel Hotel (sim! este é o nome do hotel) em Camberra, sendo o catalisador de olhares lançados novamente em direção à capital da nação.

Hotel-Hotel-Canberra-Australia-03

Foto John Gollings

Hotel-Hotel-Canberra-Australia-02

Foto Ross Honeysett

Hotel-Hotel-Canberra-Australia

Foto Ross Honeysett

 

“Bens do patrimônio, como o Old Clare Hotel, em Sydney e o COMO The Treasury, em Perth, foram restaurados com amor e expressam o melhor do passado e do futuro. O mesmo pode ser dito do Halcyon House, uma reinvenção chique de surf motel de 1960, que é parte do ressurgimento do norte de New South Wales como um destino turístico internacional”, disse Prior.

COMO-The-Treasury-Perth-Australia-03

Foto COMO The Treasury

COMO-The-Treasury-Perth-Australia

Foto COMO The Treasury

COMO-The-Treasury-Perth-Australia-02

Foto COMO The Treasury

 

Embaixadoras de estilo de vida Megan Morton e Sibella Court também foram reconhecidas. “Avisamos a Califórnia que há um novo estilo de vida a aspirar e que pode ser encontrado na Austrália”, disse Prior.

A Austrália atualmente está recebendo um número recorde de visitantes, crescendo a níveis não vistos desde os Jogos Olímpicos de Sydney 2000. Até outubro de 2015, 49.000 brasileiros foram para a Austrália, um número ainda tímido comparado com alguns mercados, mas que representa um aumento de 11,7% com relação ao ano anterior (fonte Tourism Australia).

O aumento de opções de voos para a Oceania, promoções de passagens, pacotes interessantes e personalizados e um câmbio favorável têm ajudado – e devem continuar ajudando – a fazer da Austrália um dos destinos mais atraentes para brasileiros em 2016.

Confira nossas sugestões de pacotes para Austrália ou consulte o seu agente de viagem para montar um roteiro personalizado de acordo com as suas necessidades.

 

 

Fonte: http://www.traveller.com.au/crushing-it-conde-nast-names-australia-as-destination-of-2016-glonx7

 

Austrália-banner-horizontal-01

Copyright © 2017. Agência de Viagens Kangaroo. Todos os direitos reservados.